Aplicações das micro-ondas na superfície da Terra

O mapeamento de vastas áreas continentais, com o apoio de um sensor que não é sensível à presença de nuvens, pode auxiliar na representação, quantificação e compreensão da existência de vários recursos naturais.

Os sistemas sensores podem ser passivos ou ativos. Os passivos, dependentes de uma fonte de energia externa – normalmente o Sol –, registram energia eletromagnética refletida ou emitida pela superfície da Terra. Já os ativos geram a própria energia, que é transmitida pelo sensor, interage com a superfície e tem sua reflexão registrada pelo receptor do sensor.

Os sensores ativos mais utilizados incluem os radares, o Lidar e os sonares. Mas são os radares os sensores ativos mais utilizados em estudos sobre recursos naturais. Eles são baseados na transmissão de micro-ondas de comprimentos mais longos e suas imagens podem ser obtidas por levantamento aéreo ou orbital, com diferentes tipos de detalhamento e abrangência.

Paula Maria Moura de Almeida e Carla Madureira Cruz

Departamento de Geografia, Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

CONTEÚDO RELACIONADO

Química, religião e política

Considerado pelos norte-americanos como o descobridor do oxigênio, o britânico Joseph Priestley transitou por diversas áreas, deixando um vasto e importante legado em todas elas.

Mães fumantes, filhos obesos

Estudo em animais mostra que tabagismo durante o período da amamentação aumenta a probabilidade de bebês apresentarem sobrepeso na vida adulta, mesmo quando as mães pararam de fumar na gestação.