Como usar o lixo orgânico em casa? É possível fazer compostagem?


O lixo orgânico de casa – constituído de restos de verduras, frutas, legumes, cascas de ovo, aparas de grama e podas de arbustos, entre outros – pode e deve ser reciclado. Sua reciclagem gera um excelente adubo orgânico a ser usado no cultivo de hortaliças, frutíferas e plantas ornamentais.

A produção do adubo ou composto orgânico, como também é conhecido, se dá por meio da compostagem. Esse processo requer alguns cuidados importantes para evitar a presença de animais e odores indesejáveis.

A primeira providência é dispor de recipientes, preferencialmente fechados, para a coleta diária do lixo na cozinha. Para acondicionamento de resíduos orgânicos domésticos acumulados durante um mês por uma família com três pessoas, por exemplo, um recipiente de 80 cm de altura e 70 cm de diâmetro é suficiente.

O material acumulado deve ser revirado com auxílio de ferramentas adequadas, se possível, semanalmente, de forma a homogeneizá-lo. É preciso também umedecê-lo periodicamente.

A utilização de restos de capina, quando disponíveis, é muito útil nesse processo. O material pode ser intercalado entre uma camada e outra do lixo da cozinha. Por meio desse método, o adubo orgânico deverá estar pronto em cerca de dois a três meses. 

Adriana Aquino
Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (RJ) 

 

Matéria publicada em 01.06.2008

COMENTÁRIOS

Os comentários estão fechados

CONTEÚDO RELACIONADO

A matemática da natureza

As palestras e vídeos que o matemático Tadashi Tokieda compartilhada nas redes têm milhões de visualizações. Apesar disso, nega ser um divulgador científico. Nesta entrevista à CH, ele fala do seu processo de extrair a ciência do que está à sua volta.

Por que Merlí?

Série catalã sobre professor de filosofia dá lição sobre a difícil missão de educar os jovens no ensino médio