De volta, e para ficar

Ciência Hoje vem renovada para lidar com o momento paradoxal da informação tão acessível e tão sujeita a imprecisões.

Crédito narração: Bárbara Pereira

Enfim, de volta. Renovada. Pronta para os novos desafios de um mundo cada vez mais conectado e diversificado. Mas sempre pensando. Sem dúvida vivemos uma época especial, na qual o conhecimento se dissemina com rapidez e facilidade. A pergunta a se fazer é: que conhecimento é esse? Frequentemente ouvimos o argumento “mas eu li na internet…”. O fato é que as notícias falsas nunca proliferaram com tanta velocidade, e elas são de todo tipo – de fatos políticos a curas milagrosas. Estamos sofrendo, paradoxalmente, uma crise de conhecimento. A informação nunca foi tão acessível e, ao mesmo tempo, tão sujeita a imprecisões e mau uso intencional. Por essa razão, é necessário trabalhar com foco na credibilidade, para que a informação tenha valor, para que o conhecimento qualificado prevaleça. Nossa sociedade é profundamente dependente do conhecimento científico. Divulgá-lo é missão de alguns. E é a razão de ser da Ciência Hoje. Aqui estamos: 100% digital e multiplataforma. Siga, curta, compartilhe, porque é da máxima confiança, porque é CH.

Matéria publicada em 25.05.2018

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Pequenas Grandes Questões

Está mesmo ocorrendo um aquecimento em todo o planeta? Existe alguma relação entre as vacinas e a ocorrência de autismo? Há evidências de que os neandertais acasalaram com os humanos modernos? Confira as respostas de especialistas.

Missão espacial Gaia

Dados da segunda etapa da missão divulgados recentemente representam um salto no entendimento da origem, estrutura e evolução da Via Láctea.