Imunoterapia: o corpo contra o câncer

Terapias que usam o nosso sistema imunológico para combater a doença avançam rapidamente do laboratório para a clínica, com bons resultados e aumento da expectativa de vida de pacientes.

 

Terapias que mobilizam o sistema imunológico contra o câncer estão melhorando drasticamente o tratamento de muitas pessoas, e as pesquisas nessa área estão avançando rapidamente do laboratório para a clínica. A contribuição do sistema imune na resposta anticâncer já não é mais controversa, principalmente porque tem trazido muitos benefícios aos pacientes.

A imunoterapia é uma abordagem totalmente diferente na maneira de tratar o câncer. Ela se baseia no redirecionamento do sistema imune, e não nas características do tumor em si, como fazem as terapias alvo-específicas, que atacam as proteínas acometidas pelas alterações genéticas.

Mas, afinal, como o nosso sistema imunológico pode combater certos tipos de câncer? Para entender como funcionam esses tratamentos, é preciso antes compreender como é a resposta imune de nosso organismo a essa doença.

IlanaZalcberg e Luciana Gutiyama
Instituto Nacional do Câncer, Rio de Janeiro (RJ)

Diego Coutinho
Universidade de Columbia, Nova York (NY)

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

CONTEÚDO RELACIONADO

Leite materno, fígado e sistema imune: relação íntima

Interromper a amamentação pode prejudicar uma função pouco conhecida do fígado de bebês e torná-los mais suscetíveis a doenças medicamentosas ao longo da vida

Mary Anning, a caçadora de fósseis

Paleontóloga inglesa foi pouco considerada por seus pares, apesar de acumular em seu currículo um grande número de achados jurássicos e da importância de suas descobertas para a ciência.