O sódio além da alimentação

Um dos responsáveis pela vida na Terra, o elemento químico está presente em quase tudo que nos cerca, do sal que tempera a salada aos compostos usados em metalúrgicas.

Presente desde os primórdios da formação da Terra, o sódio é um dos elementos químicos mais importantes para o desenvolvimento da vida marinha e terrestre. Datam de pelo menos 5 mil anos atrás os primeiros registros da utilização do sal pela humanidade: foi usado por civilizações na Babilônia, China, Itália, Colômbia e no Egito como cicatrizante, flavorizante e conservante (na preservação tanto de alimentos como de múmias). De tão importante, o cloreto de sódio (ou sal de cozinha) era empregado como forma de pagamento às legiões – e daí surgiu o termo ‘salário’.

Representação do uso de sal pelos egípcios para conservação de alimentos na Antiguidade.

O cloreto de sódio é encontrado dissolvido nos oceanos e ainda hoje é obtido por meio da evaporação da água do mar. Em salinas, como as existentes na Região dos Lagos fluminense e no Rio Grande do Norte, a contenção de água salgada é feita em lagoas tão extensas quanto rasas. Nesses locais, é produzida parte do sal consumido mundialmente. O sal da água do mar também é extraído para a obtenção de água potável em locais desérticos e isolados, por meio de técnicas de dessalinização.

Valdir Florêncio da Veiga Junior e Filipe Kayodè Felisberto dos Santos

Departamento de Engenharia Química,
Instituto Militar de Engenharia (IME)

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat