Literária

História cruel ou ficção bizarra?

De Heródoto ao historiador contemporâneo Michel Pastoureau, uma análise dos déspotas, suas bizarrices e crueldades.

Literatura como denúncia

Uma análise de como as obras Oliver Twist e Capitães da Areia dialogam entre si e com os tempos atuais

Literatura e meio ambiente

Reflexão sobre os desastres ambientais da atualidade inspirada em Graciliano Ramos e Sá e Guarabyra.

Literatura em tempos sombrios

Os déspotas, esclarecidos ou não, sabem da força e da potência da arte e da literatura, por isso precisam destruí-las.

Deus e o Diabo na literatura dirigida à infância

Como estratégia para conquistar as crianças indígenas, o padre jesuíta José de Anchieta valia-se de autos e recitais de poesia.

Trabalho e infância na literatura infantil e juvenil (parte 2)

A infância travestida de adulto, que caracterizou e caracteriza a realidade de boa parte das crianças brasileiras, ainda hoje encontra rara representatividade na literatura infantil.

Trabalho e infância na literatura infantil e juvenil (parte 1)

Das teses decisivas sobre a importância da infância ao surgimento de uma produção literária destinada aos pequenos leitores neste estágio da vida, as crianças pobres, leia-se mão de obra barata, sempre foram invisíveis.

A ficção está em todos os lugares

A habilidade humana para criar realidades pode ser explorada tanto para libertar quanto para aprisionar as pessoas. Alguns templos neopentecostais se valem dessas narrativas insólitas. Com que propósito?