Seção

Os equívocos da educação em tempos de pandemia

Com a experiência de quem trabalha com EaD, a designer Bruna Werneck, da Fundação Cecierj, alerta para o retrocesso provocado pelas estratégias de ensino remoto adotadas pelas escolas durante a quarentena, que não usam de maneira efetiva a tecnologia para mediar as aulas e ignoram as dificuldades materiais dos alunos de baixa renda.

A percepção pós-pandêmica da ciência

Embora seja cedo para tirar conclusões sobre os efeitos da covid-19 na credibilidade da prática científica, é possível vislumbrar uma mudança sobre seu entendimento na sociedade: ela já é retratada com mais realismo e crítica.

O mais elegante e holístico

Considerado o grande especialista em produtos naturais, o químico Otto Gottlieb completaria 100 anos em 2020. Seu trabalho revelou a quimiodiversidade da flora brasileira e impulsionou a pesquisa em fitoquímica no país.

Uma trajetória acidentada

História da cloroquina inclui momentos de glória – quando aplicada contra a malária e doenças reumatológicas – e de otimismo infundado, como o atual, em que governos rejeitam resultados científicos que provam sua ineficácia contra a covid-19.

Fora de controle

Coordenador do MapBiomas, o engenheiro florestal Tasso Azevedo diz que política do governo federal sinaliza que crimes ambientais compensam e não serão punidos; prejuízos vão além do patrimônio natural e afetam economia e imagem do país no exterior.

O antirracismo como sentido da vida

Historiadora e ativista, Karine Teixeira Damasceno reflete sobre o movimento ‘Vidas Negras Importam’, reforça o protagonismo negro na luta pela liberdade no século XIX e denuncia o preconceito racial dentro da academia.

A bióloga do dedo verde

Uma das pioneiras da anatomia vegetal e um dos nomes mais importantes da botânica no país, Nanuza Luiza de Menezes descobriu a riqueza natural da Serra do Cipó e liderou campanhas de conservação que preservaram biomas como a Mata Atlântica.

Uma vida científica em contínua caminhada

Com dedicação intensa à química, cientista mineira fez caminho alternativo nos anos 1980, tornando-se uma das pioneiras responsáveis pela construção dos alicerces do desenvolvimento da pesquisa na Universidade Federal de Alagoas.

Open chat