02 outubro 2014

Divulgação científica em pauta

ICH participa pela primeira vez do fórum nacional das fundações de amparo à pesquisa do país e apresenta sua experiência na disseminação do conhecimento científico e no apoio à educação.

O diretor-presidente do ICH, o físico Alberto Passos Guimarães, apresentou para os presidentes das fundações estaduais de amparo à pesquisa o trabalho de mais de 30 anos do Instituto na promoção e divulgação da ciência brasileira. (foto: Divulgação)

Boa notícia para a divulgação da ciência no Brasil: nesta semana o Instituto Ciência Hoje (ICH) marcou presença no Fórum Nacional do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), que aconteceu nos dias 30 de setembro e 1 de outubro, em Campina Grande, na Paraíba. Foi a primeira vez que o Instituto participou do evento, o que reflete a valorização crescente da divulgação científica nacional pelas fundações estaduais de amparo à pesquisa.

O diretor-presidente do ICH, o físico Alberto Passos Guimarães, foi convidado a apresentar o trabalho de mais de 30 anos do Instituto na promoção e divulgação da ciência brasileira. Guimarães ressaltou a tradição da revista Ciência Hoje no campo – criada em 1982, ela é a mais antiga publicação de divulgação científica ainda em circulação no país.

Guimarães destacou, em especial, o sucesso do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação, que já beneficiou mais de 600 mil crianças e 14 mil professores do ensino fundamental

Ao longo de sua trajetória, o ICH já recebeu diversos prêmios – entre eles, cinco edições do Prêmio José Reis de Divulgação Científica, que laureou a própria revista Ciência Hoje em 1983, a revista Ciência Hoje das Crianças em 1991, o ex-editor José Monserrat Filho em 1993, e os atuais editores Roberto Barros de Carvalho em 1996 e Alicia Ivanissevich em 2008.

Guimarães também destacou, em especial, o sucesso do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação (PCHAE). Criado em 2001 por cientistas e educadores, o PCHAE tem como foco a educação científica e a capacitação docente. O programa já beneficiou mais de 600 mil crianças e 14 mil professores do ensino fundamental. Em 2012, como reconhecimento à sua contribuição para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, o PCHAE recebeu o prêmio ODM Brasil na categoria Educação Básica de Qualidade para Todos.

Após a apresentação do diretor-presidente do ICH, vários presidentes das fundações de amparo à pesquisa presentes discutiram possibilidades de apoio ao programa, para sua disseminação por outras regiões do país. Atualmente, o ICH está iniciando uma parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj), para a distribuição de milhares de assinaturas da revista Ciência Hoje aos seus bolsistas.

Equipe CH On-line

Tags:
COMPARTILHAR