Outras parcerias

Confira a relação dos principais projetos e parcerias em que o ICH esteve envolvido ao longo de seu período de atuação.

Ciência Hoje na Escola

Parceria: Fundação Bradesco e Editora Global

Dirigida especialmente a professores e alunos do 3º e 4º ciclos, consiste em uma série de livros que complementam e aprofundam o currículo escolar. Compostos pela reunião de artigos escritos por pesquisadores brasileiros, vêm acompanhados de um caderno especial que orienta os professores no uso dos textos e experimentos em sala de aula. Veja como adquirir.

 

Experimentos do Rex

Parceria: Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF)

O primeiro aplicativo da Ciência Hoje das Crianças, lançado em 2015, é uma versão virtual dos experimentos que tanto fazem sucesso com os leitores da revista. O usuário reliza o passo a passo da atividade e, no final, tem acesso a um pequeno texto sobre o fenômeno científico observado e um vídeo que ensina a reproduzir o experimento em casa. O projeto foi financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

E-books: Por quê?, Você Sabia? e Como funciona?

Parceria: Fundação Oswaldo Cruz

Em 2015, a CHC lançou três livros virtuais interativos sobre ciência. Eles abordam temas variados, como astronomia, biologia e química, entre outros, e incluem jogos, vídeos, arquivos de áudio e outros recursos que tornam os textos – reedições de seções publicadas na revista impressa – ainda mais interessantes. Os livros virtuais foram desenvolvidos com apoio da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

 

CHats de ciência

Parceria: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro

Série de vídeos produzidos em 2012 que apresenta de forma simples, curta e dinâmica temas atuais e instigantes do mundo científico, como a relação entre hereditariedade e comportamento, a polêmica do aquecimento global, as potencialidades das células-tronco e os desafios por trás do câncer. Em cada ‘CHat’, o tema da vez é abordado por um especialista, que discute as questões centrais relacionadas à sua área de atuação. As explicações são auxiliadas por recursos gráficos que, além de facilitar o entendimento, dão uma dinâmica especial ao vídeo. Os primeiros sete episódios foram produzidos com o apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). Confira os vídeos.

 

sobreCultura

Parceria: Universidade Federal de Minas Gerais

O encarte, publicado trimestralmente desde abril de 2010, aborda vários campos das humanidades em ensaios, debates, entrevistas e comentários de livros. É um espaço voltado à promoção de um maior diálogo entre as disciplinas da área, desde a história, sociologia e antropologia à arquitetura e às artes.

 

 

Exposições ‘Quanta energia!’ e ‘Sensações do passado geológico da Terra’

Parceria: Casa da Ciência (UFRJ)

A equipe da CHC produziu livretos impressos que eram distribuídos para os visitantes e continham informações para complementar o conteúdo abordado em ambas as mostras. A exposição 'Quanta energia!', que também contou com apoio da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), foi lançada em 2010. O espaço interativo permitia – por meio de jogos, oficinas, vídeos, palestras e até cursos para professores – conhecer, debater, opinar e reconhecer a presença da energia nuclear na natureza e no dia a dia. A mostra percorreu diversos espaços, como o Museu da Maré e o Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias. Em ‘Sensações do passado geológico da Terra’, produzida em 2011, o visitante era remetido ao passado de nosso planeta ao interagir com diferentes cores, sons, texturas, sabores e aromas. No laboratório sensorial que integrava a mostra, também era possível manipular um crocodilo primitivo que vivera há 90 milhões de anos no Brasil.

 

Detetives da Ciência

Parceria: Empresa Municipal Multimeios do Rio de Janeiro

Em 2010, o ICH prestou consultoria à Empresa Municipal de Multimeios da Cidade do Rio de Janeiro na produção da série Detetives da Ciência. O programa mostra as aventuras de Sofia e Pedro, dois adolescentes curiosos e espertos que tentam desvendar mistérios do dia a dia, contando com a ajuda providencial de Madalena, mãe de Sofia, e de Dudu, pai de Pedro. O objetivo é mostrar o lado científico do cotidiano e despertar nos jovens o interesse pela ciência. A série foi premiada no V Festival Kolibri, na Bolívia, e no 10º Festival Internacional de Cine Nueva Mirada, na Argentina. Confira o episódio premiado, "Planeta Molhado" (parte 1 e parte 2).

 

Globo Universidade

Parceria: Rede Globo / Fundação Roberto Marinho

Em abril de 2008, o Instituto Ciência Hoje foi convidado para atuar como consultor científico do programa Globo Universidade. No âmbito da parceria, foi montada uma equipe de cientistas e jornalistas que desenvolvia as pautas do programa e, em reuniões mensais, apresentava novas ideias e avaliava as edições que iam ao ar. O programa era veiculado aos sábados de manhã, com reprises nos canais Globo News e Futura, e tinha como objetivo cobrir toda a rede pública e privada de universidades do país, para desenhar um retrato nacional da produção do conhecimento e mostrar a importância do ambiente acadêmico na formação profissional dos estudantes. A parceria durou até o fim de 2011. Acesse o arquivo de vídeos do Globo Universidade.

 

Tome Ciência

Parceria: Sesc/Senac

Iniciativa de divulgação científica em meio audiovisual, o projeto promoveu a realização do programa de televisão Tome Ciência, uma série semanal que abordou de forma acessível temas de ciência e tecnologia. O programa foi exibido em canais de TV a cabo e aberta de todo o país, por meio da Rede STV, então integrante do sistema Sesc/Senac e atualmente chamada Sesc-TV. O programa contava com a participação de um Conselho Científico integrado pelas entidades vinculadas à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e convidava cientistas de várias especialidades para debater temas da atualidade. Confira episódios do programa

 

A ciência pode ajudar

Parceria: Rede Globo

O projeto se constituiu de uma série de filmes produzidos em parceria com a Rede Globo, em 2008. As produções tinham como objetivo ressaltar a importância da ciência na busca de soluções para o aquecimento global e também foi desenvolvida com auxílio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). No total, foram produzidos quatro filmes com linguagem acessível ao grande público para veiculação na programação da Rede Globo. Assista aos vídeos da campanha.

 

Pequenos Cientistas

Parceria: TV Cultura

Uma parceria entre a TV Cultura e a Ciência Hoje das Crianças levou à criação, em 2008, do programa Pequenos Cientistas. Apresentado pelos dinossauros Rex e Diná, as mascotes da CHC, a atração tem o objetivo de mostrar, a cada episódio, o lado divertido e curioso da ciência para o público infantil, misturando doses sob medida de informação de qualidade e muita descontração. Confira vídeos do programa.

 

Saúde, Ciência e Vida

Parceria: Jornal do Brasil

Firmada em 2006, a parceria entre o ICH e o Jornal do Brasil consistiu na publicação semanal, aos domingos, de uma página especial na seção ‘Saúde, Ciência e Vida’, com versões resumidas de artigos publicados na revista Ciência Hoje. A iniciativa tinha como premissa oferecer informação científica ao público leigo, de maneira simples e precisa, tornando-se um instrumento importante para a construção de uma cultura científica mais sólida e para a melhor compreensão de questões que afetam diretamente o dia a dia de todos.

 

Ciência vale a pena

Parceria: Rede Globo

Em outubro de 2004, o ICH se uniu à Rede Globo na campanha ‘Ciência vale a pena’. A iniciativa envolveu a realização de uma série de oito filmes de 30 segundos que procuravam destacar aspectos importantes e interessantes da ciência, nem sempre presentes no imaginário social. Os vídeos contaram com a consultoria do neurocientista Roberto Lent, então membro da Diretoria do ICH, e foram exibidos à época da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em diferentes horários na programação da emissora – nos canais aberto e a cabo. Viabilizados com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), os filmes tiveram grande repercussão junto ao público e foram também um sucesso de crítica: o conjunto foi premiado na categoria melhor campanha de TV do Festival de Cinema e Vídeo Científico do Mercosul (Cinecien) de 2006. Assista aos vídeos da campanha.

 

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Parceria: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

O Instituto Ciência Hoje apoia e divulga o maior evento de divulgação de ciência do Brasil, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, participando com iniciativas variadas. Desde 2004, primeiro ano de realização do evento, a Ciência Hoje das Crianças desenvolve especialmente para a ocasião atividades voltadas apara o público infantojuvenil, como jogos e experimentos, que estimulam o interesse dos jovens pela ciência. Além disso, a CHC produz materiais impressos específicos sobre o tema da semana, para fomentar um debate mais embasado sobre ele.

 

Divulgação da ciência pelo Brasil

Parceria: SBPC, Folha de Londrina, Diário do ABC e Diário de Natal

Projeto realizado em parceria com a SBPC, consistiu na publicação de uma página semanal com resumos de artigos e matérias publicadas na revista Ciência Hoje em diversos jornais do Brasil. O objetivo era ampliar a divulgação da ciência em todo o país, buscando atingir localidades e públicos pouco contemplados pela revista.

 

Página de ciências no Globinho

Parceria: O Globo

Em uma parceria com o jornal O Globo, do Rio de Janeiro, entre 2002 e 2004, o ‘Globinho’ – suplemento publicado no jornal aos domingos e direcionado às crianças – veiculava parte do conteúdo apresentado na Ciência Hoje das Crianças. Nas páginas do suplemento, eram reproduzidos artigos e passatempos publicados na edição mensal da revista, além de informações sobre contatos e assinatura da CHC.

 

Máquina Maluca

Parceria: SBPC e Itautec/Philco

O CD-ROM ‘Máquina Maluca: viagem do espaço ao centro da Terra’, lançado em 1998, apresentou as viagens exploratórias do dinossauro Rex (mascote da Ciência Hoje das Crianças) por diversos temas científicos a bordo da Máquina Maluca, veículo que o leva do espaço sideral às profundezas da Terra. O material abordava temas como a origem do universo, estrelas, buracos negros, a conquista da Lua, o planeta Terra, vulcões, solos, atmosfera, cavernas, raios, trovões e muitos outros. O CD-ROM foi lançado em 1998, no âmbito das comemorações do aniversário de 50 anos da SBPC. 

 

Exposição 'Caras da Ciência'

Parceria: Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

Composta por 37 caricaturas de pesquisadores brasileiros e 23 páginas de humor, algumas delas publicadas na própria Ciência Hoje, a exposição marcou uma homenagem da CH pelos 50 anos da SBPC, em 1998. As imagens traziam cientistas de diversas áreas, entre os quais Maria da Conceição Tavares, Darcy Ribeiro, Einstein, Sérgio Danilo Pena e Luc Montagnier, mostrados pelos traços de artistas como Henfil, Jaguar e  Chico Caruso. A exposição também marcou o lançamento de um novo projeto gráfico da revista e do CD-ROM Máquina Maluca. Durante as comemorações dos 20 anos do projeto Ciência Hoje, uma nova exposição, intitulada 'Ciência de bom humor' e montada na Casa da Ciência, em Botafogo, voltou a abordar a temática e reuniu novamente o material para homenagear a data.

 

Vídeos institucionais (Década de 1980)

Parceria: Rede Globo

Na década de 1980, por meio de uma parceria com a Rede Globo e a Fundação Roberto Marinho, foram produzidos vídeos institucionais sobre o então recém-criado projeto Ciência Hoje, com a participação de personalidades como Chico Buarque, Fernanda Montenegro, Lucélia Santos, Irene Ravache e Dina Staf. As produções eram veiculadas no horário nobre da emissora.

 

Encartes: TeCHnologia, Tecnologia, Explora!, Meio Ambiente, Ciência e Arte, Saúde

Parceria: Diversas

Ao longo dos seus 30 anos, a revista Ciência Hoje publicou uma série de encartes, abordando temáticas variadas. Dois dos mais antigos, um voltado para o público infantil e outro dedicado à discussão da política científica no Brasil, acabaram ganhando vida própria, transformando-se nos atuais Ciência Hoje das Crianças e Jornal da Ciência, respectivamente. Outros, no entanto, circularam apenas temporariamente junto com a revista. O ‘TeCHnologia’, publicado no início da década de 1990, apresentava e debatia mais profundamente as aplicações da ciência. Fruto de uma parceria com o Sebrae no fim da mesma década, seu homófono ‘Tecnologia’ tinha como objetivo apresentar iniciativas de inovação tecnológica em pequenas empresas. O ‘Explora!’, voltado para o público jovem, teve uma edição única publicada em 1998, na ocasião das comemorações dos 50 anos da SBPC. Durante os anos de 1999 e 2001, a revista Ciência Hoje das Crianças também publicou encartes especiais patrocinados pela Petrobras, que abordavam temas relacionados ao meio ambiente. Entre 1999 e 2002, a CHC publicou uma série de encartes sobre temas relacionados à saúde, fruto de uma parceria com o Ministério da Saúde. Destaque vai para os cinco encartes veiculados no interior da revista em 2000, que abordaram a temática da Aids.A interface ciência e arte foi, ainda, tema de parceria entre a CHC e o Ministério da Educação: nos anos de 2006, 2008 e 2009, a revista publicou uma série de encartes patrocinados pelo MEC abordando temas em que as duas áreas se integravam. Os encartes, direcionados aos professores, eram produzidos pela equipe da CHC a partir das orientações temáticas do ministério.


O QUE HÁ DE NOVO