Artigo

Agroflorestas de chocolate:
doce sabor na preservação da mata atlântica?

Sistemas que combinam árvores nativas com cultivo de cacau em pequena escala protegem uma alta diversidade de aves no sul da Bahia, mas espécies que se alimentam de frutos e insetos são negativamente afetadas, segundo estudo que reforça a importância de se conservar a vegetação original do bioma.

A água no sertão e as mudanças climáticas

Estudo correlaciona eventos extremos, como o El Niño, e outros mecanismos atmosféricos com o desabastecimento de reservatórios do Nordeste. A crise hídrica impede o desenvolvimento econômico de municípios afetados e provoca êxodo rural.

Mulheres cientistas extraordinárias

Reconhecimento da relevância feminina na pesquisa científica ainda é tímido, apesar do impacto que ela tem em nossas vidas. O mundo não seria o mesmo sem o notável trabalho das ainda desconhecidas vencedoras do Prêmio Nobel.

Pandemia e repressão à migração na América Latina

As fronteiras fechadas de Brasil, Argentina e Paraguai impedem o trânsito entre os países, e milhares de pessoas ficam desamparadas, sem qualquer segurança social, mostrando que a ilusão da livre circulação promovida pela globalização não resistiu à emergência sanitária da covid-19.

A educação eurocêntrica e o racismo no Brasil republicano

Artigo mostra como um ensino antirracista pode resgatar a memória da população negra, que começou a ser apagada com ações eugenistas dos governos e da elite entre os séculos 19 e 20

Vacinação: histórico e importância

Mais do que nunca, é preciso impulsionar as iniciativas de consolidação da produção nacional de vacinas e de cobertura vacinal, esclarecendo a população sobre a relevância da imunização.

Pandemia climática

O aumento da temperatura global – e o decorrente derretimento de geleiras – pode levar à liberação de gases e compostos tóxicos, contribuindo para o surgimento de surtos de novas e antigas doenças, ao despertar patógenos congelados na região polar.

Magnetismo animal:
o que a ciência sabe sobre o sentido magnético nos seres vivos?

Se animais respondem à luz, gravidade, eletricidade, entre outros fenômenos, por que não responderiam ao campo magnético da Terra? A resposta para essa questão é tema de estudo de vários grupos de pesquisa no mundo, inclusive no Brasil.