EM TEMPO Ciência Hoje Colunas

Keila Grinberg

De outubro de 2008 a dezembro de 2014, a coluna ‘Em tempo’, da historiadora e professora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) Keila Grinberg, abordou temas ligados à história, sem perder de vista a perspectiva do tempo presente. O acervo, abaixo, está disponível para consulta.

EM TEMPO Ciência Hoje Colunas
Keila Grinberg

De outubro de 2008 a dezembro de 2014, a coluna ‘Em tempo’, da historiadora e professora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) Keila Grinberg, abordou temas ligados à história, sem perder de vista a perspectiva do tempo presente. O acervo, abaixo, está disponível para consulta.

Passado exposto pelo terremoto

Diante da parcialidade da maior parte das análises presentes na mídia sobre a catástrofe que atingiu o Haiti em janeiro deste ano, Keila Grinberg dedica sua coluna à avaliação das raízes históricas dessa nação marcada pelo racismo desde que ainda era colônia.

História na praia

Keila Grinberg aproveita as férias para falar sobre um monumento histórico erguido no século 16 no litoral da Bahia: o Castelo de Garcia d’Ávila, hoje apresentado aos turistas como uma construção medieval em pleno paraíso tropical.

O racismo de Louis Agassiz

Esse naturalista suíço do século 19 é celebrado por seus estudos sobre glaciação. Mas não se deve esquecer que ele julgava os negros inferiores e considerava a miscigenação um fator de degeneração da humanidade, lembra Keila Grinberg.

Mal de Chagas: da descoberta ao reconhecimento

Em sua coluna de novembro, Keila Grinberg relata o longo caminho entre a identificação da doença de Chagas e seu reconhecimento pelas autoridades e discute a dimensão social dessa descoberta.

Um exemplo para o Rio

Projeto olímpico deveria se espelhar na preparação de Chicago para grande exposição no século 19

Quem aboliu a escravidão?

Colunista lança pergunta a partir de memória de escola e mapeia respostas com o passar dos anos

Piratas reais

Colunista discute o problema da exploração comercial de sítios arqueológicos subaquáticos no Brasil

O historiador detetive

Boris Fausto revisita um antigo crime para analisar a Justiça e a sociedade brasileira nos anos 1930

Abrir Chat