Conectados com a natureza

Na selva de concreto de grandes cidades, os shopping centers representam, para muitos, as opções mais seguras e práticas de entretenimento e passeio. Por outro lado, é difícil imaginar ambientes mais desligados da natureza. Para fazer uma ponte entre esses centros urbanos e as questões ambientais atuais, a mostra itinerante Conexão Estação Natureza aposta na tecnologia, na interatividade e na provocação dos sentidos dos visitantes.

Em cartaz no Shopping Iguatemi de Brasília até 20 de junho, a exposição organizada pela Fundação Grupo Boticário já passou por Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte e viajará por outras seis capitais até fevereiro de 2016. Para ajudar os citadinos a mergulharem fundo no universo natural, os organizadores investiram em aparato tecnológico de ponta.

Conexão Estação Natureza
A exposição é montada em ‘shoppings’ de grandes cidades do país e passará por diversas capitais até o início de 2016. (foto: Mila Maluhy)

Um dos maiores atrativos da mostra é um cinema sensorial que permite ao visitante sentir frio, calor e cheiros – tudo para tornar a experiência mais real. O filme, projetado numa tela de 360º, ressalta o quanto dependemos da natureza e mostra que não podemos descuidar de sua preservação.

“O uso da tecnologia é uma forma de mediar o diálogo com o público. Hoje, as pessoas passam a maior parte do tempo conectadas através de seus dispositivos eletrônicos”, comenta Valéria Moro Werzbitzki, analista de educação e cultura da Fundação Grupo Boticário. “Nossa proposta é utilizar a tecnologia para sensibilizar os visitantes”.

Se você não vai à floresta…

Por muitos motivos, visitar reservas naturais não faz parte do cotidiano de grande parte dos moradores de nossas metrópoles – assim como a proteção do ambiente não está entre suas preocupações. Para mudar isso, os organizadores do evento resolveram levar a natureza até a cidade, com óculos de realidade virtual que convidam o visitante para uma experiência mais individual, um passeio ecológico. Envolto por sons e imagens, ele pode conhecer as belezas da reserva ambiental Salto Morato, no litoral do Paraná, e se aproximar de uma realidade quem nem sempre está ao seu alcance.

Atividade com óculos de realidade virtual
Visitante utiliza óculos de realidade virtual para um fazer um passeio virtual pela reserva ambiental de Salto Morato, no litoral paranaense. (foto: Mila Maluhy)

A exposição interativa conta ainda com jogos planejados especialmente para a mostra, que fazem uso de sensores de movimento para divertir, informar e conscientizar. De forma geral, os jogadores são desafiados a evitar os danos causados pelo homem ao meio ambiente e, assim, passam a conhecer e saber aplicar as boas práticas ambientais. Enciclopédias digitais em telas sensíveis ao toque complementam a mostra, oferecendo informações sobre o ecossistema marinho e as grandes regiões naturais do Brasil.

Conexão Estação Natureza

Itinerário:
* Brasília, DF – Shopping Iguatemi – Até 20/06
* Salvador, BA – Salvador Shopping – De 4/07 a 18/07
* Fortaleza, CE – Shopping Rio Mar – De 28/07 a 11/08
* Curitiba, PR – Shopping Paladium – De 23/08 a 6/09
* Porto Alegre, RS – Barra Shopping Sul – De 3/10 a 17/10
* Campo Grande, MS – Shopping Bosque dos Ipês – De 27/10 a 10/11

O horário de funcionamento em cada cidade dependerá do horário de funcionamento dos shoppings onde a exposição será montada.

Entrada gratuita.

Informações: contato@fundacaogrupooboticario.org.br

Everton Lopes
Instituto Ciência Hoje/ RJ

Clique aqui para ler o texto que a CHC preparou sobre esse assunto.

 

Matéria publicada em 11.06.2015

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Inovação no ensino de bioquímica

Livro resultante de um projeto que reúne pesquisadores de cinco países, entre eles o Brasil, usa uma abordagem inovadora para ensinar bioquímica a alunos de nível superior na área de saúde.

Parceria contra câncer e bactérias patogênicas

Resultados de estudos sobre os mecanismos de entrada das proteínas virais nas células, feitos por pesquisadores brasileiros e portugueses, deram origem a um projeto para o desenvolvimento de fármacos para o combate de diversas doenças.