Ciência, cultura e sociedade

Quanto mais próxima a relação entre ciência e sociedade, maiores poderão ser os benefícios trazidos pela pesquisa para a resolução dos problemas sociais. Essa é a discussão que serve como base para o episódio deste mês da videocoluna Bioconexões, que tem como convidado o músico e pensador Marcelo Yuka, ex-baterista da banda O Rappa.

Em conversa com o neurocientista Steven Rehen, Yuka destaca o momento da regulamentação dos estudos com células-tronco no Brasil como evento emblemático da aproximação entre discurso científico e sociedade, com a participação ativa dos pesquisadores no direcionamento da discussão política.

Neste sétimo episódio de Bioconexões, o último desta temporada, Yuka e Rehen debatem ainda a proposta de valorizar a cultura como essa ponte possível entre ciência e sociedade. Num bate-papo descontraído, os dois ainda avaliam a necessidade de intensificar as ações de extensão das universidades para romper seu isolamento e equilibrar o tripé formado com as atividades de pesquisa e ensino.

Matéria publicada em 06.12.2013

COMENTÁRIOS

Os comentários estão fechados

CONTEÚDO RELACIONADO

A nova fera do Rio Grande do Sul

Alexander Kellner antecipa sua coluna deste mês para apresentar a fantástica descoberta de uma espécie de carnívoro primitivo com 220 milhões de anos feita por pesquisadores gaúchos.

Passado exposto pelo terremoto

Diante da parcialidade da maior parte das análises presentes na mídia sobre a catástrofe que atingiu o Haiti em janeiro deste ano, Keila Grinberg dedica sua coluna à avaliação das raízes históricas dessa nação marcada pelo racismo desde que ainda era colônia.