Missões jesuíticas no sul são tema de cd-rom

Missões jesuíticas no Sul são tema de CD-Rom Historiadores, estudantes e interessados pelas missões jesuíticas na colonização da América do Sul ganharam uma nova ferramenta de pesquisa. O CD-Rom Xamanismo e cura na coleção De Angelis — coordenado por Maria Cristina dos Santos, professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) — facilita e potencializa a busca de manuscritos que relatam os primeiros contatos dos jesuítas com os índios Guarani na região platina. Ao total, foram catalogados 128 documentos (59 inéditos) dos séculos 16 e 17.

null

O CD-Rom traz imagens que ilustram a interação
entre indígenas e jesuítas, como a tela Padre
Antônio Vieira convertendo índios no Brasil

 

O trabalho foi desenvolvido a partir de dois objetivos principais: delimitar um recorte temático e temporal que favorecesse a compreensão dos processos de integração e resistência da cultura indígena no primeiro estágio do contato missionário e introduzir os alunos de graduação em história da PUC-RS — que ajudaram a elaborar o CD-Rom — nas atividades de pesquisa e catalogação.

Os temas norteadores da pesquisa são o xamanismo e a cura, campos temáticos que ilustram o contato cultural entre a ‘civilização’ (representada pelos jesuítas) e a ‘barbárie’ (pelos Guarani). O empenho dos missionários em levar às tribos indígenas costumes, regras e crenças do estilo de vida europeu é retratado nos manuscritos, ao mesmo tempo em que conhecimentos nativos são registrados pelos jesuítas, devidamente filtrados e adaptados à cultura ocidental.

A interação com os líderes espirituais nativos (xamãs), as tentativas — e resistências — de conversão para o catolicismo, a aplicação de conhecimentos médicos europeus e os aprendizados da própria medicina indígena são assuntos recorrentes nas cartas catalogadas. Elas foram escritas no período compreendido entre a fundação da cidade de Assunção, em 1537 — ocasião dos primeiros contatos entre missionários e índios Guarani na região platina –, e a década de 1630 — quando expedições de bandeirantes invadiram as Reduções e epidemias devastadoras tiveram significativo impacto demográfico.

null

A ilustração acima é uma das 137 imagens do CD-Rom. Feita por Teodor de Bry, ela retrata o ritual antropofágico testemunhado por Hans Staden (1550-1555)

O CD-Rom funciona como um catálogo eletrônico para a identificação de documentos em função de campos como nome do autor, povoados e autoridades citadas (civis ou eclesiásticas), resumos, citações etc. A ferramenta fornece ao pesquisador a localização exata do documento na Coleção De Angelis (Biblioteca Nacional), que reúne o mais completo acervo escrito sobre as missões jesuíticas na região que hoje compreende o Paraguai, a Bolívia, a Argentina e o Sul do Brasil. O CD-Rom contempla ainda documentos ligados a essa coleção localizados no Instituto Anchietano de Pesquisa, ligado à Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

Assim, o CD-Rom poupa ao historiador um precioso tempo de pesquisa por documentos que, anteriormente, eram de difícil identificação. O trabalho da equipe de Maria Cristina dos Santos contribui para a democratização do acesso a um material fundamental no estudo da colonização do sul das Américas.

null

A ilustração Dios castiga a los Tupinambás, de Teodor de Bry (1550-55), retrata um xamã em ritual de cura

                  Interessados em adquirir o CD-Rom
devem escrever para [email protected]
ou ligar para (51) 3320 3500 – R. 4891

 

 

 

Julio Lobato
Ciência Hoje On-line
04/01/04