A formação da inglaterra entre realidade e ficção

A série O último reino, um romance histórico medieval exibido pela Netflix, tem suas temporadas um tanto independentes da divisão original dos livros, o que é interessante para manter a fluidez necessária à adaptação para a TV.

Ambientada em 872, O último reino (ou The last kingdom, no original em inglês) é uma série televisiva em formato de romance histórico, baseada nas Crônicas saxônicas, do escritor britânico Bernard Cornwell – uma saga que até o momento está com 11 livros. A série, produzida pela BBC e pela Netflix, encontra-se atualmente na quarta temporada, o que significa que há ainda muita história pela frente.

Antes de qualquer coisa, gostaria de comentar brevemente sobre o consagrado Bernard Cornwell, que tem vários romances no topo da lista dos mais vendidos no mundo. Amante da história dos conflitos militares e de mapas antigos, é possível perceber a marcante presença desses elementos em suas obras. Cornwell sempre traz uma mistura singular entre história e ficção, com um trabalho verdadeiramente primoroso nos seus personagens, sejam eles reais ou fictícios. Em O último reino, como em suas outras obras, seu protagonista é um personagem fictício, o que permite ao autor uma interessante liberdade de condução da história.

Carla Madureira Cruz

Departamento de Geografia
Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro