Fogo: da catástrofe à conservação ambiental

Fogo: da catástrofe à
conservação ambiental

O texto Fogo: da catástrofe à conservação ambiental é rico por contextualizar a relevância e o papel do fogo sob uma ótica pouco explorada. A partir deste texto em que o fogo é tratado como um ativo ambiental, é possível criar estratégias didáticas investigativas para abordar conhecimentos da biologia e de outras disciplinas, especialmente a geografia.

Possibilidades de abordagem

  • Introduzir o debate do fogo como ativo ambiental, apresentando os conceitos de ambientes pirofóbicos e pirofíticos a partir do texto.
  • Articular as reflexões sobre o papel do fogo no estudo de biomas e a sua caracterização, destacando aspectos climáticos e de adaptações evolutivas. Apresentada a partir de uma lógica contextualizada, elucidando diferentes causas, práticas, estações do ano e biomas em que o evento de fogo ocorre, é possível por um lado desconstruir a ideia de fogo como um mal em si, a ser combatido e evitado. E por outro, diferenciar os tipos e práticas de produção de fogo para problematizar discursos de banalização do fogo.

Proposta de atividade:

Inicialmente, sugere-se a leitura do texto para uma reflexão sobre os conceitos pirofóbico e pirofítico. Em seguida, propõe-se uma pesquisa de notícias de eventos de fogo em diferentes regiões do país ou do mundo.

A partir das notícias – e com auxílio de materiais cartográficos, como mapas de biomas e climogramas –, identificar o local, o bioma, a época do ano e a estação em que o evento do fogo ocorreu, bem como, se a notícia trouxer, as causas iniciais do fogo.

Uma possibilidade de reunir e organizar as informações pesquisadas pelos estudantes é elaborar de uma tabela de caracterização destes diferentes eventos de fogo.

Com a elaboração da tabela, será interessante discutir os possíveis impactos ambientais, e, a partir dessa reflexão, pensar em ações e políticas públicas no sentido de preservar a biodiversidade nos diferentes contextos socioambientais.

Por fim, vale investigar se os estudantes identificam algum impacto sobre suas vidas relacionado ao fogo. Neste momento, a utilização do aplicativo Windy pode auxiliar nas reflexões sobre impactos globais de eventos locais de fogo. O aplicativo mostra, em tempo real e com previsão de quatro dias, a intensidade do fogo, anomalia de umidade, intensidade de seca, concentração de ozônio e indicadores da qualidade do ar –como material particulado, concentrações de diversos poluentes, particularmente monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio e dióxido de enxofre para todo o planeta.

A atividade proposta, portanto, visa auxiliar na compreensão do fogo como uma possível ferramenta de conservação ambiental, desde que considerados os contextos locais dos biomas em que ocorrem.

Recursos utilizados:

  • Versão impressa ou disponibilizada digital do texto Fogo: da catástrofe à conservação ambiental
  • Mapas (mundo, Brasil e América Latina) e/ou acesso à plataforma Google Earth/Google Maps
  • Atlas cartográfico IBGE (mapa de biomas e climogramas das regiões brasileiras)
  • Aplicativo Windy