Artigo

Saneamento Básico: políticas públicas e relação com a pandemia

Quando escutamos o termo ‘saneamento básico’, pensamos em água tratada, rede de esgotos e coleta de lixo... Mas esses serviços são muito mais do que isso. São reconhecidos, pela Organização das Nações Unidas, como direitos humanos.

A relação entre branquitude e privilégio

O conceito de raça não existe biologicamente, é uma construção social de efeitos concretos nas sociedades com colonização europeia, em que indivíduos considerados brancos usufruem de vantagens estruturais, como maior facilidade de ascensão social e acesso a direitos básicos.

Abelhas por cidades mais verdes e saudáveis

A presença de animais polinizadores é essencial para manter e desenvolver a biodiversidade dos centros urbanos, o que contribui para o bem-estar da população, a segurança alimentar e a mitigação dos efeitos das mudanças climáticas.

Biopirataria, uma ameaça à biodiversidade

Ações humanas, como o comércio ilegal de espécies entre diferentes regiões, provocam a disseminação de vírus, bactérias e outros patógenos que põem em risco a sobrevivência de diferentes populações de seres vivos e a vida em todo o planeta.

O perfume das plantas e a polinização:
A produção de coquetéis químicos sofisticados para atrair insetos

Plantas produzem perfumes sofisticados para atrair polinizadores. Essa relação é tão importante que dela depende nossa comida – e, portanto, nossa sobrevivência. Infelizmente, vivemos crise planetária desses insetos.

Depende de nós

Base da alimentação e do processo que fornece oxigênio à humanidade, as plantas estão com a saúde ameaçada. Mais do que nunca, é preciso voltar o olhar para elas, se quisermos manter uma vida sustentável no planeta.

A guerra contra as pragas

Com o aumento da demanda por alimentos e o desestímulo ao uso de produtos sintéticos, substâncias químicas presentes em plantas são a opção mais saudável e eficaz para manter as lavouras livres de insetos, doenças e ervas daninhas.

Sobre o tempo na física: De absoluto e imutável a relativo e expansível

Perguntas sobre a natureza do tempo – Ele existe? É só ilusão? Terá um fim? – são atemporais e motivaram filósofos, escritores, teólogos... Mas foi com os físicos, no século passado, que esse conceito sofreu grandes transformações.