Mulheres na Ciência

Um caso de amor com a ciência

Premiada pesquisadora catarinense, Elisa Souza Orth foi incentivada pelos pais a compreender a natureza, descobriu a vocação para química ainda na adolescência e, hoje, se sente realizada em transmitir seu amor pela ciência aos alunos e ao filho, de 6 meses.

A bióloga do dedo verde

Uma das pioneiras da anatomia vegetal e um dos nomes mais importantes da botânica no país, Nanuza Luiza de Menezes descobriu a riqueza natural da Serra do Cipó e liderou campanhas de conservação que preservaram biomas como a Mata Atlântica.

Uma vida científica em contínua caminhada

Com dedicação intensa à química, cientista mineira fez caminho alternativo nos anos 1980, tornando-se uma das pioneiras responsáveis pela construção dos alicerces do desenvolvimento da pesquisa na Universidade Federal de Alagoas.

Juventude, determinação e sensibilidade

Na primeira vez em que colocou os pés em um laboratório, Bárbara de Paula Pires Franco Guimarães sentiu que poderia ser pesquisadora. Sua intuição estava certa. Mas as surpresas pelo caminho despertariam também a vontade de ensinar. A história desta jovem cientista pode inspirar muitas mais.

Ela representa muito

Pouco tempo depois de ingressar na graduação, Alexandra Anastácio já desejava ser professora e pesquisadora na área de nutrição. Desafiando as estatísticas, tornou-se pró-reitora de graduação na UFF e, com isso, um símbolo de avanço na representatividade da mulher negra no meio acadêmico.

Múltipla e pioneira

Sem qualquer sinalização de que seria cientista, Denise Pires de Carvalho sentia-se atraída pela matemática, mas ingressou na medicina. Poderia ter seguido a clínica, mas descobriu-se pesquisadora. Conciliar o laboratório com o ensino não lhe bastou, havia espaço para a gestão. Então, ela se tornou a primeira reitora da UFRJ.

Ser cientista, uma construção

Depois de participar de um programa de iniciação científica liderado por uma mulher, uma madre, a bióloga Lucia Mendonça Previato teve certeza de que a ciência era seu objetivo. Agraciada com diversos prêmios nacionais e internacionais, ela compartilha a sua história.

Orgulho e preconceito

Alvo de bullying na escola, a psicóloga e mulher trans negra Jaqueline Gomes de Jesus conta como os livros e o conhecimento a levaram a superar barreiras e trilhar pelos caminhos da pesquisa acadêmica e do ativismo LGBT, negro e feminista.

Open chat