EDIÇÕES CIÊNCIA HOJE

NOVA CIÊNCIA HOJE

Slide A destruição ambiental e o impacto da pandemia sobre os povos indígenas conferem a termos como genocídio e ecocídio especial destaque. Entender sua trajetória é fundamental para reavaliarmos determinada noção de progresso – muito mobilizada em períodos como a ditadura militar e hoje –, que se funda na destruição de paisagens e corpos. GENOCÍDIO INDÍGENA
E ECOCÍDIO NO BRASIL
Edição 372

Slide O aquecimento global está levando o planeta a temperaturas de milhões de anos atrás, com danos irreversíveis aos ecossistemas.
O derretimento da calota polar do Ártico é uma amostra do que vem ocorrendo. Ainda há tempo para agirmos e evitarmos os piores impactos dessas mudanças climáticas?
O ÁRTICO NA
MÁQUINA DO TEMPO
A RELAÇÃO ENTRE
BRANQUITUDE E PRIVILÉGIO
“Estradas? Para onde vamos não precisamos de estradas”
(Doc Emmet Brown/Christopher Lloyd, em De volta para o futuro)
Edição 371

A ideia fictícia de superioridade branca, produzida durante o processo de colonização das Américas e, posteriormente, pelo conceito de raça forjado pela pseudociência do fim do século 19, tem efeitos perceptíveis no cotidiano da nossa sociedade A RELAÇÃO ENTRE
BRANQUITUDE E PRIVILÉGIO
A RELAÇÃO ENTRE
BRANQUITUDE E PRIVILÉGIO
Edição 370

Slide Pensar em erradicar a fome, reduzir a pobreza, proteger o meio ambiente e impulsionar o desenvolvimento econômico passa por zelar pela saúde das plantas. Com o propósito de ampliar a conscientização global nesse sentido, 2020 foi declarado o Ano Internacional das Nações Unidas para a Saúde Vegetal. Nesta edição especial, a Ciência Hoje traz múltiplas abordagens sobre o tema.

CLIQUE E CONFIRA!
REFLEXÕES GEOGRÁFICAS SOBRE A PANDEMIA Edição 369

Slide Desigualdades socioeconômicas, raciais e de gênero tornaram-se mais evidentes e intensificaram-se durante a covid-19. Mas ações coletivas e cooperativas destacam-se como armas fundamentais na luta pela vida REFLEXÕES GEOGRÁFICAS SOBRE A PANDEMIA Edição 368

A ciência tem ocupado boa parte dos debates nas redes sociais e nos noticiários. Ainda assim, tem sido difícil convencer os brasileiros da necessidade de isolamento social enquanto a pandemia continua a avançar. Por que o discurso científico é ouvido, mas não basta para induzir comportamentos? CIÊNCIA E POLÍTICA
EM TEMPOS DE NEGACIONISMO
Edição 367

Slide Matemático, físico e médico, EDUARDO MASSAD fala da importância de se fazer projeções cada vez mais precisas para combater a covid-19, prevê a chegada de outra epidemia ainda mais grave e alerta para o perigo à saúde dos governos hipernacionalistas e do movimento anticiência O QUE O MUNDO PRECISA
APRENDER COM A PANDEMIA
Edição 366

 

Maio de 2020. A Fiocruz completa 120 anos e tem a cadeira da presidência ocupada por uma mulher, a socióloga Nísia Trindade Lima, que lida com a pandemia de covid-19 como uma emergência sanitária e humanitária multidimensional, cujo enfrentamento requer conhecimento
de todas as áreas da ciência.
A Fiocruz diante da covid-19 Edição 365

 

Slide A conexão entre morcegos e o início da pandemia de COVID-19 ainda não foi confirmada. Outros animais podem estar envolvidos. Mas a questão é: por que os morcegos têm sido apontados como os principais suspeitos de serem os hospedeiros do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e associados à transmissão de outras doenças? Os Morcegos
e a Pandemia
Edição 364

Slide Quais as estratégias para enfrentar uma ameaça dessa dimensão? Até o fechamento desta edição, a Organização Mundial da Saúde (OMS) havia declarado o SARS-COV-2 uma Emergência de Saúde Pública de Preocupação Internacional, hoje a classificação é como pandemia. Precisamos de ações coordenadas das autoridades de saúde na identificação dos casos, no controle do espalhamento do vírus e na melhor compreensão da infecção. Como enfrentar o coronavírus? Edição 363 Quais as estratégias para enfrentar uma ameaça dessa dimensão? Precisamos de ações coordenadas das autoridades de saúde na identificação dos casos, no controle do espalhamento do vírus e na melhor compreensão da infecção.
Abrir Chat