Em uma disputa de atletismo entre os famosos personagens de jogos e desenhos Sonic, Tails, Ligeirinho, Papa-léguas e Coyote, qual desses animais seria o vencedor no mundo real?

A supervelocidade é uma característica muito encontrada (e cobiçada) tanto em filmes quanto em jogos. Ela é especialmente útil quando o personagem precisa se deslocar rapidamente em um curto período para alcançar a próxima fase do jogo ou fugir de algum inimigo.Essa habilidade não é exclusiva de super-heróis; muitos ‘super-animais’ também a possuem, como Sonic e Tails, dos jogos de videogame, e Ligeirinho, Papa-léguas e Coyote, dos desenhos animados da Warner Bros. Mas o que aconteceria se fizéssemos uma disputa de atletismo, no mundo real, entre esses animais? Quem será que ganharia? Aperte o cadarço do tênis e vamos acelerar.

Sonic

O personagem azul icônico dos jogos de videogame desenvolvidos pela Sega é frequentemente confundido com um porco-espinho. O que muitos não sabem é que ele é, na verdade, um ouriço (só que de tênis, meia e luva… e que fala!).A confusão é até compreensível, já que ambos são cobertos de espinhos.

Sonicthe Hedgehog faz referência ao exótico ouriço-pigmeu-africano (Ateleryx albiventris), pertencente à subfamília Erinaceidae. O mamífero de focinho comprido e cauda curta tem pelos suaves nas partes inferiores do corpo e espinhos no dorso, assim como o porco-espinho. Seus espinhos não são perigosos e servem como uma carapaça para proteção. Quando o animal se sente ameaçado, ele se curva e assume o aspecto de uma bola.Possui coloração de diversos tons: branco, preto, marrom, entre outras.

O ouriço-pigmeu-africano pesa cerca de 250 a 500 g e não costuma ultrapassar os 30 cm de comprimento quando chega à idade adulta. Suas patas são curtas e algumas têm 4 dedos, o que o difere de outras espécies de ouriço. Suas unhas afiadas o ajudam a escavar para conseguir o alimento na terra. Ele é onívoro e alimenta-se principalmente de pequenos insetos. Tem hábitos noturnos e a maior parte dos indivíduos da espécie é mantida em cativeiro.

Mas será que esse ouriço é tão veloz quanto o Sonic? Comum a visão pouco desenvolvida, além de tamanho pequeno e patas curtas, o Sonic da vida real não se locomove muito,nem por longas distâncias. Nada parecido com o ícone da Sega.

Tails

Companheiro do Sonic nos jogos de videogame, Miles ‘Tails Prower é uma raposa-vermelha que tem dois rabos e os utiliza como uma hélice. Predadores naturais dos ouriços, as raposas são mamíferos da família Canidae, a mesma dos cachorros e dos lobos. São caracterizadas por seu focinho comprido e uma longa cauda peluda. Atualmente, existem aproximadamente 23 espécies de raposas no mundo, sendo a maioria habitante de regiões frias.

As raposas podem pesar, em média, de 3 a 10kg e medir de 20 a 50 cm de altura. Elas têm hábitos noturnos e se locomovem sobre os dedos dos pés, o que facilita o seu andar silencioso e sua agilidade para correr. Uma raposa pode chegar a 67 km/h durante uma corrida.

O rato mais rápido de todo o México

Ligeirinho foi apresentado ao mundo em 1953 como integrante da turma da Looney Tunes, série de animações da Warner Bros. Speedy Gonzáles, nome original do personagem, é um rato, mas não um rato comum. Por suas características, assemelha-se mais a uma espécie de rato-do-deserto, reconhecida por sua extrema velocidade. Na animação, é representado com aspectos latinos, como o sombreiro amarelo, o laço vermelho preso ao pescoço e o bigode em destaque, junto com o sotaque mexicano.

Ratos são mamíferos pequenos caracterizados pelo focinho pontudo e pela cauda longa, que, em alguns casos, chega a ser maior que o próprio corpo do animal. São conhecidas uma média de 65 espécies de ratos. Eles costumam habitar esgotos de cidades urbanas, principalmente quando há deficiência de saneamento básico.

As cores mais comuns de ratos são preto e marrom. Já o seu tamanho varia de acordo com a espécie. A maioria mede entre 7 e 21 cm de comprimento e pesa cerca de 10 a 100g.

Os ratos são animais bem rápidos na corrida. Eles sempre mantêm duas patas no chão enquanto estão correndo e conseguem atingir uma velocidade de 15 km/h. Entre uma corrida e outra, fazem pequenos intervalos, que duram segundos. Por possuírem cinco dedos nas patas anteriores e posteriores, também têm agilidade para saltar.

Papa-léguas e Coyote

Bip-bip! Bip-bip! Criado em 1949, o Papa-léguas é um dos ícones mais conhecidos da Looney Tunes, devido à sua eterna fuga de Wile Coyote. Todos os episódios da animação mostram a tentativa de captura da ave para servir de jantar. Apesar das engenhocas e armadilhas super elaboradas do Coyote, todas as suas tentativas são frustradas. Mas há quem diga que existem episódio sem que o coiote Wile consegue alcançar o Papa-léguas e ter seu tão almejado jantar.

O Papa-léguas, na verdade, é uma ave pouco conhecida: o galo corredor. Habitante dos desertos, ele é encontrado com mais frequência na cidade da Califórnia (EUA). Diferentemente do desenho, o Geococcyx californianus não possui penas azuis; elas têm tonalidade marrom com manchas brancas. A ave tem, em média, 60 cm de altura e pesa aproximadamente 500g.

Assim como no desenho, o galo corredor quase não voa, tendo bastante contato com o chão. Sua velocidade, que pode chegar aos 25 km/h, é usada para a obtenção de pequenos insetos desérticos para alimentação, como escorpiões e até cobras pequenas. Mas será que é o suficiente para fugir de um coiote?

Mamíferos do mesmo gênero das raposas, os coiotes são nativos de regiões da América do Norte e Central. Eles vivem em diferentes tipos de hábitats, como florestas, pântanos e desertos, e seus pelos podem ter tonalidades que variam entre as cores marrom, cinza e amarelo. Assim como as raposas, eles também se locomovem sobre os dedos dos pés. Sua velocidade pode passar dos 60 km/h e eles podem dar saltos de até 4 metros de distância!

Dessa forma, por mais que o Papa-léguas seja esperto e possa utilizar atalhos para fugir, ele certamente perderia para Wile Coyote em uma corrida no mundo real.

 

E o vencedor é…

Comparando apenas o quesito ‘velocidade’ desses animais,teríamos o seguinte pódio ao final dessa corrida: em último lugar, o querido ouriço Sonic. Em quarto lugar, o rato mexicano Ligeirinho. Em terceiro, o galo corredor Papa-léguas. Em segundo lugar, a raposa Tails. E, em primeiro lugar, o animal dessa lista que mais sofre nos desenhos, Wile Coyote.

Quem iria imaginar que, apesar de ser um personagem desastrado que, na maioria das vezes, cai em suas próprias armadilhas, o Coyote seria o animal mais veloz na vida real? Às vezes, é como dizem: os últimos serão os primeiros.

Aline Nery

Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Museu Itinerante Ciência Móvel, Museu da Vida, Fundação Oswaldo Cruz
Espaço Ciência Viva

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-38069
614_256 att-27650
614_256 att-37965
614_256 att-37955
614_256 att-37941
614_256 att-37906
614_256 att-37815
614_256 att-37805
614_256 att-37795
614_256 att-37782
614_256 att-37731
614_256 att-37591
614_256 att-37584
614_256 att-37559
614_256 att-37571

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-79274
725_480 att-78794
725_480 att-76014
725_480 att-78383
725_480 att-77706
614_256 att-74208
614_256 att-74306
614_256 att-70842
614_256 att-73465
614_256 att-72009
614_256 att-72813
614_256 att-71228
614_256 att-66550
614_256 att-59255
614_256 att-56646