Preguiças-de-coleira sob ameaça iminente

Instituto Nacional da Mata Atlântica
Instituto de Pesquisa e Conservação de Tamanduás do Brasil

Até recentemente classificada como uma única espécie, a preguiça-de-coleira do Sudeste ganhou nova revisão taxonômica e passou a ser chamada Bradypus crinitus. Com a restrição da área de ocorrência e o desmatamento crescente da Mata Atlântica, seu risco de desaparecimento pode ser ainda maior. 

Figura 1. Preguiça-de-coleira-do-sudeste (Bradypus crinitus). Crédito: Paloma Marques Santos.

Recém-reconhecida pela ciência, a preguiça-de-coleira do Sudeste (Bradypus crinitus) poderá perder até 7 mil km² de áreas adequadas a sua sobrevivência, caso nenhuma medida de regeneração florestal seja tomada. Este cenário poderá ser ainda mais grave, uma vez que o desmatamento na Mata Atlântica vem aumentando consideravelmente em quase todos os estados de ocorrência desse importante domínio florestal brasileiro.

O nome ‘preguiça-de-coleira’ relaciona-se com a presença de uma juba na região dorsal do animal, de pelagem mais escura e lisa. Daí vem seus outros nomes populares: preguiça-preta e aí-pixuna, em tupi (a’i = preguiça, pi’xuna = preta).

A preguiça-de-coleira faz parte do gênero científico Bradypus, que inclui as preguiças-de-três-dedos (três garras na frente e atrás). A preguiça-de-coleira é altamente – e incrivelmente – adaptada a viver na copa das árvores, caracterizando o que chamamos de hábito arborícola. Ela necessita da copa das árvores para suas atividades diárias, incluindo alimentação e deslocamento, assim como todas as outras espécies de preguiça. Por estar presente apenas em alguns locais na Mata Atlântica, as preguiças-de-coleira são as mais ameaçadas no Brasil.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-81325
725_480 att-81266
725_480 att-81117
725_480 att-80939
725_480 att-81319
614_256 att-81251
614_256 att-81229
725_480 att-81159
725_480 att-81050
725_480 att-81084
725_480 att-81375
725_480 att-80922
725_480 att-80958
725_480 att-80949
725_480 att-81342

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87350
725_480 att-86492
725_480 att-86001
725_480 att-85578
725_480 att-85004
725_480 att-84761
725_480 att-84276
725_480 att-83829
725_480 att-83596
725_480 att-82941
725_480 att-82066
725_480 att-81484
725_480 att-80500
725_480 att-79703
725_480 att-79088