Instituto de Física
Universidade Federal Fluminense

Máximus, o mágico, está de volta. E vem com um truque que, como sempre, deixará Vítor, seu assistente-vítima, surpreso e espantado. Desta vez, o mestre das ilusões nos apresenta uma tabela com propriedades intrigantes. Seja bem-vindo, bem-vinda, a mais um show de ‘matemágica’! 

Quem não gosta de mágica? Só quem nunca viu uma, acho – e será que tem alguém assim!? E, para convencer você de como mágica é interessante – e, frequentemente, anda de mãos dadas com a matemática –, invoquemos novamente Máximus, o mágico, e seu fiel assistente, Vítor (a vítima).

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-81325
725_480 att-81266
725_480 att-80993
725_480 att-81117
725_480 att-80939
725_480 att-81319
614_256 att-81251
614_256 att-81229
725_480 att-81159
725_480 att-81050
725_480 att-81084
725_480 att-81375
725_480 att-80922
725_480 att-80958
725_480 att-80949

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87646
725_480 att-87202
725_480 att-86475
725_480 att-86019
725_480 att-85747
614_256 att-85214
725_480 att-84801
725_480 att-84371
725_480 att-83992
725_480 att-83589
725_480 att-83236
725_480 att-82663
725_480 att-82163
725_480 att-81721
725_480 att-80681