Estratégias pessoais e suporte público

A professora e pesquisadora de astrofísica de partículas na UFPR, que encontrou na solidão uma forma de driblar o racismo e o preconceito no meio acadêmico, atribui suas conquistas à universidade pública e seus financiamentos

Nasci em Olímpia, interior de São Paulo. Uma cidade pequena, 500 quilômetros distante da capital. Sou a caçula de oito irmãos, a única a estudar em uma universidade pública. Desde as minhas primeiras memórias, meus pais e irmãos mais velhos trabalhavam. Minha infância foi simples, familiar e tranquila. Quando cresci e fui para o ensino médio, minha mãe e meus irmãos sempre me incentivaram a aproveitar as oportunidades da escola e estudar mais e mais. Segui com esse propósito.

Rita de Cassia dos Anjos
Departamento de Engenharia e Exatas
Universidade Federal do Paraná – Setor Palotina

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat