Número de ouro
A razão milenar que foi muito além do mundo da matemática

A razão entre o comprimento do lado e o da diagonal de um pentágono regular ganhou sua certidão de nascimento em um dos livros mais importantes da história da humanidade. Cerca de 2 mil anos depois, passou a ser associada – quase sempre incorretamente – a tópicos como arte, biologia, proporções do corpo humano, cosmologia e mercado de capitais, bem como a um sem-número de ideias místicas. Nas páginas a seguir, conheça o número de ouro, também chamado razão áurea.

 

O número de ouro, tradicionalmente denotado por Φ (lê-se ‘fi’), nasceu em um dos livros mais importantes da história da humanidade: os Elementos, do matemático grego Euclides (c. 300 a.C), escrito por volta de 300 a. C. Sua certidão de nascimento é a definição VI.3, onde ele é batizado ‘extrema e média e razão’. 


Sua certidão de nascimento é a definição VI.3 de Os Elementos, onde ele é batizado ‘extrema e média razão’

Michel Spira
Departamento de Matemática,
Universidade Federal de Minas Gerais

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-71741
614_256 att-71966
614_256 att-71563
614_256 att-71841
614_256 att-71824
614_256 att-72030
614_256 att-72023
614_256 att-71644
614_256 att-71608
614_256 att-71588
614_256 att-27650
614_256 att-71818
614_256 att-72009
614_256 att-71903
614_256 att-72017

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-79058
725_480 att-79037
725_480 att-79219
725_480 att-78924
725_480 att-78884
725_480 att-78680
725_480 att-78625
725_480 att-78617
725_480 att-78228
725_480 att-78208
725_480 att-78192
725_480 att-78176
725_480 att-77561
725_480 att-77521
725_480 att-77475