Prever o futuro é simples e… complexo

Departamento de Física
Universidade Federal de São Carlos (SP)

Teorias da física oferecem precisão quase absoluta na previsão de vários fenômenos. Esse é o caso do papel da relatividade geral no sistema de localização por GPS. Mas elas falham para os chamados sistemas complexos, como eleições, futebol e inflação. Por quê?

CRÉDITO: ADOBESTOCK

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-85453
725_480 att-85578
725_480 att-85608
725_480 att-85705
725_480 att-85728
725_480 att-85716
614_256 att-85525
614_256 att-85560
725_480 att-85667
725_480 att-85808
725_480 att-85435
725_480 att-85599
725_480 att-85635
725_480 att-85425
725_480 att-85445

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-84894
725_480 att-84554
725_480 att-84261
725_480 att-83905
725_480 att-83605
725_480 att-83095
725_480 att-82636
725_480 att-82173
725_480 att-81539
725_480 att-80949
725_480 att-80355
725_480 att-79782
725_480 att-79523
725_480 att-78535
725_480 att-78335