Produção voluntária de informações

Programa de Pós-graduação em Geografia
Departamento de Geografia
Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Departamento de Geografia
Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Com o conhecimento da nossa localização em tempo real, Google Maps identifica picos de movimentação e concentração de pessoas nas mais diversas áreas do globo terrestre

CRÉDITO: ADOBE STOCK

Os maiores desafios ligados aos dados geoespaciais – ou geoinformacionais, como preferimos chamar aqui – são o detalhamento espacial e temporal e o conhecimento/acompanhamento de sua taxa de recorrência. Pensando nas metrópoles com grandes fluxos de pessoas e muitas áreas de interesse, o monitoramento e as formas de obtenção de dados são, normalmente, complexos. Agora, imagina saber como se comporta a permanência de pessoas em certas partes da uma grande cidade, em diferentes dias e horários.

Não é mais surpresa que a Google tenha conhecimento destes dados. A novidade é que agora a gente também pode ficar sabendo! Isso porque a concentração de sinais emitidos pelos smartphones em certas áreas de uma cidade é facilmente percebida por quem tem acesso a essa informação localizada. E é isso que a Google tem, já que ficamos em “modo ativo” na maior parte do tempo, colaboramos com a chamada produção voluntária de informações geoespaciais ou VGI (Volunteered Geographic Information). Isso não significa, no entanto, que tenhamos acesso a essas informações na íntegra.

O fato é que sabendo “onde estamos”, a Google consegue medir o comportamento dos lugares com detalhamento espacial e temporal inimagináveis até bem pouco tempo. Essa leitura pode ser traduzida como o padrão que um lugar apresenta diariamente, ao longo das 24 horas de um dia, em vários lugares do globo.

Indicativo de área movimentada no Google Maps (polígono) e gráficos que apresentam o comportamento desta movimentação no tempo. Comunidade do Cesarão, Santa Cruz – Rio de Janeiro/RJ

Uma nova aplicação do Google Maps colocou esses dados, parcialmente, em nossas mãos para áreas de interesse que, normalmente, apresentam grande movimentação de pessoas. Com o conhecimento da nossa localização em tempo real, é possível identificar picos de movimentação e concentração de pessoas nestas áreas. Assim, quando é identificada uma movimentação acima do padrão em comparação com níveis recentes, um ícone aparece no mapa, e, ao se clicar nele, é possível ver o índice de movimentação naquele momento e os gráficos da variação da movimentação de pessoas por dia da semana, em diferentes horários.

Foi-se o tempo em que precisávamos de câmeras instaladas em locais de interesse, ou de horas de observação da dinâmica de um mesmo lugar, para entendermos padrões de fluxos e concentrações de pessoas. Com dados em tempo real, podemos decidir ‘aonde ir’ e ‘como ir’, considerando as condições de trânsito, por exemplo.

Outra possibilidade de uso desses dados é a investigação dos padrões cotidianos de determinadas áreas das cidades. Pode-se classificar, indiretamente, o uso delas através do padrão de concentração no tempo. Áreas de lazer, como praças e parques, acabam apresentando padrões diferenciados e de maior concentração de pessoas nos finais de semana. Por outro lado, áreas com grande concentração de bares e boates apresentam picos de concentração nos períodos noturnos, normalmente entre quintas-feiras e domingos. Por fim, áreas intensamente comerciais, acabam apresentando grande movimentação, concentrados nos dias úteis, em horário comercial.

Imagina usar esses dados para escolher participar de determinadas aglomerações como os blocos de carnaval no Rio de Janeiro! O que é certo é que está cada vez mais difícil saber onde vamos parar com toda esta profusão de dados geoinformacionais!

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-78503
725_480 att-78349
725_480 att-78228
725_480 att-78208
725_480 att-78192
725_480 att-78176
725_480 att-78239
725_480 att-78383
725_480 att-78250
725_480 att-78477
725_480 att-78389
725_480 att-74188
725_480 att-78438
725_480 att-78335
725_480 att-78453

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87192
725_480 att-86129
725_480 att-85445
725_480 att-85037
725_480 att-84560
725_480 att-84407
725_480 att-83963
725_480 att-83519
725_480 att-83228
725_480 att-82731
725_480 att-82341
725_480 att-81738
725_480 att-80958
725_480 att-80689
725_480 att-79873