Turismo virtual

O Google Street View tem ampliado consideravelmente seu alcance e diversidade de ambientes, indo além do foco de ruas ou estradas para ganhar o mundo sob as mais diferentes perspectivas

Que tal passear hoje pelas ruas de Paris? E quem sabe depois ir a Nova York ou Tóquio? Não sei se você sabe, mas o Google Street View tem revolucionado a forma como “visitamos” os lugares, oferecendo diversas finalidades e aplicações.

Totalmente baseado em um mundo virtual, o recurso disponível no Google Maps ou no Google Earth, apesar de não cobrir todo o globo terrestre, tem ampliado consideravelmente seu alcance e diversidade de ambientes, saindo mais recentemente do foco de ruas ou estradas, que justificam seu nome. Orientado pelo ponto de vista de quem se encontra no solo ou no chão, simula a percepção da paisagem que teríamos ao caminhar pelos lugares, disponibilizando vistas panorâmicas de 360º na horizontal (uma volta completa em torno de si mesmo!) e de 290º na vertical. Imagine quantas imagens fotográficas são necessárias para a construção de um mosaico como esse! Afinal, a percepção da paisagem em meio virtual simula certo grau de continuidade, e os detalhes percebidos são muitos.

Carla Madureira Cruz

Departamento de Geografia
Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat