Um diagnóstico das doenças do SUS

Criado há mais de três décadas, o Sistema Único de Saúde está diante de desafios que vão além das mudanças demográficas e epidemiológicas: vontade política dos governos e engajamento da população são essenciais para sua sobrevivência e qualidade.

Não penso, logo resisto

Apesar das estatísticas e dos números endossados por cientistas, um contingente considerável de pessoas ainda toma decisões com base em reações emocionais.

Neuroestimuladores sem fio

Da invenção do primeiro marca-passo implantável, na década de 1950, até hoje, os neuroestimuladores ‒ circuitos eletrônicos que tratam doenças neurológicas ‒ passaram por avanços que os fizeram minúsculos e sem fio.

Quando a estrada é uma ameaça

Mesmo tendo a capacidade de voar, morcegos são atropelados com frequência em rodovias fluminenses. Respeitar os limites de velocidade sinalizados poderia evitar mortes.

Parlamento dividido

Política pode ser complicada, mas a matemática ajuda a organizar as coisas e a acalmar os ânimos dos parlamentares ‒ bem, pelo menos, em um país imaginário e diminuto como Grafolândia.

Na estante

Resenha do livro Pequeno Manual de Bons Costumes no Laboratório, de Franklin Rumjanek.

Impressões de um viajante brasileiro sobre o Oriente

Análise histórica lança luz sobre o relato de viagem do astrônomo Francisco Antônio de Almeida ao Japão e outros países da Ásia e da África

Para que serve o DNA das mitocôndrias?

A análise do genoma dessas curiosas organelas tem resultado em diversas aplicações, que vão do estudo evolutivo das espécies ao reconhecimento de fraudes em mercados.

Um sistema de numeração guarani à luz da etnomatemática

Ao longo da história, cada cultura produziu ‒ e tem produzido ‒ sua matemática. Exemplo, nesse sentido, é um sistema de numeração desenvolvido pelos guarani de aldeias do sul fluminense.

A migração que deu samba

Depois da abolição, descendentes da última geração de africanos e escravizados das lavouras de café do Sudeste rumaram para a cidade do Rio de Janeiro, influenciando o nascimento do gênero musical mais identificado com os brasileiros.

Religião e Bondade

Quantas maldades as religiões fizeram e ainda fazem em nome da bondade? Da inquisição na Idade Média, passando pela escravidão, pelo apartheid, pelos fundamentalismos contemporâneos e também pela intolerância religiosa no Brasil, resulta uma análise histórico-filosófica da relação entre religião e bondade.

Imagem (e deveres) do cientista

Relatando experiências pessoais, o colunista discute os estereótipos que rondam a imagem da profissão de cientista. E apresenta sua opinião sobre se há ou não diferença entre ser pesquisador e ser cientista, listando o que ele crê serem deveres deste último.

Ciência para sair da crise econômica

Novo presidente da Faperj, Jerson Lima Silva, pesquisador e professor titular da UFRJ, trabalha para reequilibrar as contas da agência, pagar dívidas passadas e investir em áreas e parcerias estratégicas para contribuir com a recuperação do Estado do Rio.

Feminismo, bissexualidade e transgeneridade no cinema

Colette cumpre papel importante ao transportar para a tela a história de uma das mais famosas escritoras francesas do século 20, que rompeu com padrões de sua época.

Física é, sim, coisa de menina

Projeto da Universidade Federal do Rio de Janeiro explora experiências pedagógicas para aumentar o interesse das alunas de escolas públicas pelas ciências exatas.

A matemática da diversidade

Professora da UFRJ e mãe de dois filhos, Cecília Salgado reconhece os obstáculos de sua área para minorias: “É impossível falar em meritocracia, quando todos não temos as mesmas condições”

A Capitã Marvel e as mulheres cientistas

Primeira super-heroína a protagonizar um filme do estúdio, personagem não repete clichês de outras personagens superpoderosas no cinema e enfatiza a força feminina em áreas antes exclusivamente masculinas.

Quem tem medo do conhecimento?

É da natureza humana ir em busca de explicações para fenômenos desconhecidos. Nas narrativas míticas, esse desejo por conhecimento em geral resulta em castigos severos, que ainda hoje parecem nos assombrar.

A Geoinformação na evolução da humanidade

Da pré-história, passando pela antiguidade, pela idade média, pelo renascimento, até os dias atuais, as geoinformações sempre estiveram presentes.

Pequenas perguntas, grandes questões

Confira respostas de especialistas.

Arqueologia do resgate

Apenas seis meses após o incêndio que destruiu sua sede, Museu Nacional já inaugurou duas exposições, mostrando que ainda possui um rico acervo.