Curas maravilhosas para doenças encantadas

Tomando como referência o ditado popular: “Não há bem que sempre dure, nem mal que não se cure”, apresentamos as mais diversas formas de cura

PARA O AR CONTAMINADO

Sempre antes do meio-dia, misturar um punhado de sal com cinzas e depois partir ao meio com uma faca. Depois, proferir a benzedura: “assim como as águas correm para o mar, assim torne o mal ao seu lugar”.

 

PARA ESPINHELA CAÍDA

Utiliza-se as secreções naturais do corpo, como sangue (de preferência o menstrual), urina, suor ou saliva. Com uma delas se aplica um cataplasma sobre a parte afetada. No entanto, é preciso saber onde fica a espinhela caída.

Georgina Martins
Curso de Especialização em Literatura Infantil e Juvenil, Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Escritora de livros para crianças e jovens

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat