Benefícios atmosféricos do isolamento social

Qualidade do ar melhora com o confinamento imposto pela atual pandemia, mas modelo de produção e consumo da sociedade precisa mudar, uma vez que o planeta tem recursos limitados e mostra claros sinais de esgotamento.

Diante de um desafio sem precedentes na história das últimas gerações, com o isolamento social e os números crescentes de óbitos, a pandemia da covid-19 descortina um Rio de Janeiro diferente. A pandemia impôs à nossa vida a necessidade de nos reinventar em meio a tantas incertezas e às graves consequências que o vírus trouxe ao mundo. Apesar da dura realidade das adversidades presentes e futuras, reações positivas decorrentes da radical mudança em nosso estilo de vida também vêm sendo noticiadas.

Dentre muitos exemplos, como solidariedade e empatia, também vem chamando a atenção, a incomum diminuição da poluição do ar a níveis quase pré-industriais observados em algumas cidades. Por causa da pandemia, a redução das atividades econômicas e do tráfego de veículos que utilizam motor a combustão ocasionou quedas significativas nas emissões de gases e poluentes na atmosfera em muitas cidades.

Leonardo Abreu Jorge Justo

Instituto Estadual do Ambiente (INEA-RJ)

José Ricardo de Almeida França

Departamento Meteorologia
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat