Retratos do colonialismo contemporâneo

Entre as denúncias das constantes ameaças às quais os Yanomami estão submetidos e a ênfase na capacidade organizativa deste povo, o documentário A última floresta mostra as pressões coloniais que ainda oprimem os indígenas na América Latina

O reconhecimento dos direitos dos povos indígenas, quilombolas e de outras categorias distintas de povos e comunidades tradicionais (PCT) no Brasil é tensionado por graves conflitos históricos. O marco da colonização contribuiu para a construção de uma racionalidade que privilegia modos de organização da sociedade dissociados da natureza, em uma leitura de mundo que objetifica a vida e a conecta com os ideais capitalistas. Nesse sentido, o documentário A Última Floresta (Buriti Filmes e Gullane, 2021), com direção e roteiro de Luiz Bolognesi em coautoria com Davi Kopenawa, importante xamã Yanomami, retrata o cenário de instabilidades e constantes ameaças a que este povo está submetido na fronteira entre o norte do Brasil e o sul da Venezuela. 

Yasmin Xavier Guimarães Nasri
Instituto de Psicologia
Universidade Federal do Rio de Janeiro

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras Matérias Nesta Edição

614_256 att-72753
614_256 att-72616
614_256 att-72642
614_256 att-72674
614_256 att-72685
614_256 att-72914
614_256 att-72819
614_256 att-72764
614_256 att-72851
614_256 att-72859
614_256 att-72788
614_256 att-72843
614_256 att-27650
614_256 att-73114
614_256 att-72813

Outras Matéras Nesta Categoria

725_480 att-75887
614_256 att-74243
614_256 att-64501
614_256 att-72323
614_256 att-74333
614_256 att-71418
614_256 att-56553
614_256 att-55881
614_256 att-54216
614_256 att-53603
614_256 att-52516
614_256 att-51662
614_256 att-50849
614_256 att-50228
614_256 att-49699