Livros contra a covid

Sobre os leitores ávidos, a fácil adaptação ao isolamento social e o difícil enfrentamento do negacionismo científico.

Um leitor ávido não frequenta ambientes aglomerados porque isso o afasta do silêncio necessário para a leitura daquele livro que ele precisa ler antes de morrer.

Um leitor ávido prefere os dias chuvosos porque ninguém o cobra de ir à praia.

Georgina Martins

Programa de Mestrado Profissional em Letras (Profletras)
Curso de Especialização em Literatura Infantil e Juvenil, Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Escritora de livros para crianças e jovens

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje