Radiografia da pandemia no país

Estudo recente registra como a covid-19 afeta as populações e os sistemas de saúde das regiões brasileiras e aponta para a necessidade de se ter um programa de assistência mais justo, inclusivo e equilibrado.

Milhões de casos de covid-19 têm causado um estresse sem precedentes nos sistemas de saúde em todo o mundo, gerando um aumento da demanda por hospitalizações, leitos de terapia intensiva, respiradores, oxigênio e profissionais de saúde treinados. O impacto da pandemia em cada sistema de saúde, seja nacional ou regional, tem variado em função das condições anteriores à pandemia, como a disponibilidade de leitos per capita e o equilíbrio entre a oferta e a demanda por serviços de saúde, a capacidade de expansão do sistema e as ações de preparação/adaptação para a pandemia.


O impacto da pandemia em cada sistema de saúde, seja nacional ou regional, tem variado em função das condições anteriores à pandemia

O Brasil apresenta notável heterogeneidade entre suas cinco regiões geopolíticas (Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste e Sul), incluindo aspectos culturais e socioeconômicos, que também se refletem na disponibilidade de serviços de saúde, leitos hospitalares e profissionais qualificados. A pandemia chegou no país por meio de voos internacionais, o que levou a uma concentração inicial dos casos nas grandes áreas metropolitanas. Mas, rapidamente, evoluiu das capitais para as cidades do interior.

Fernando A. Bozza
Fundação Oswaldo Cruz e Instituto D’Or

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat