Em busca de fármacos contra a covid-19

Rede RMN-Rio reúne laboratórios de pesquisa no país para desenvolver medicamentos eficazes contra o vírus responsável pela atual pandemia. Processo essencial para o ciclo viral está na mira do grupo brasileiro.

Durante a pandemia de covid-19, os cientistas iniciaram diversos projetos emergenciais para o combate à doença. Entre eles, está a utilização de medicamentos já disponíveis para tratamento de outras doenças. Infelizmente, essa estratégia de reposicionamento de fármacos não tem se mostrado eficiente para a covid-19.

Após estudos clínicos, verificou-se que medicamentos como hidroxicloroquina, ivermectina, remdesivir, lopinavir e interferon não reduziram o tempo de internação, nem a mortalidade. Restam como estratégias de combate ao vírus SARS-CoV-2 o distanciamento social, a higienização das mãos, o uso de máscara, a sanitização de ambientes e o manejo adequado dos pacientes nos hospitais. O desenvolvimento de uma vacina é a esperança para o próximo ano; mesmo assim, será necessário um medicamento eficaz contra o vírus.

Fabio C. L. Almeida

Instituto de Bioquímica Médica
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Gisele C. Amorim

NUMPEX-Bio, Campus Duque de Caxias
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Ícaro P. Caruso

Instituto de Bioquímica Médica
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat