Histórias de coragem e inspiração

Documentário trata da questão da igualdade de gênero na ciência por meio da trajetória de três cientistas de sucesso que lutaram contra a discriminação feminina e incentivaram movimentos de inclusão.

‘Quando você imagina um cientista, quem você vê?’ Essa pergunta é um excelente ponto de partida para um debate sobre o documentário Picture a scientist (‘Imagine um cientista’, em tradução livre). Produzido pela Ro*Co Films e indicado para a seleção oficial do Festival de Filmes de Tribeca (Nova Iorque) em 2020, o documentário trata das dores e glórias das mulheres na ciência, lançando luz sobre a questão da igualdade de gênero nessa área.

No documentário, esse tema é abordado por meio dos relatos de três corajosas cientistas: a bióloga molecular Nancy Hopkins, professora aposentada do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, e pioneira no estudo genético utilizando peixes-zebra como modelo; a química Raychelle Burks, que desenvolve sensores para ciência forense e detecção de materiais perigosos e hoje é professora da Universidade Americana (Estados Unidos); e a geomorfologista Jane Willenbring, professora da Universidade Stanford, na Califórnia (Estados Unidos), e cuja pesquisa é focada em entender a dinâmica da superfície terrestre. Como diz a sinopse do filme, “elas conduzem a audiência em uma jornada intensa através de suas próprias experiências na carreira científica, sobrepondo assédios brutais e discriminação institucional, mas que, com suas iniciativas, levaram a anos de pequenas revoluções na cultura da ciência”.

Carolina Braga
Universidade Federal do Rio de Janeiro, campus Duque de Caxias Professor Geraldo Cidade

Juliana Cortines
Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes,
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje

Open chat